FANDOM


Autora: Andressa Moreira Iwanusk

Colaboradoras: Aline Fachin Olivo, Amanda Farah Ribeiro


O que é a fibromialgia?

A fibromialgia, também conhecida como fibrosite, dor muscular crônica, reumatismo psicogênico, mialgia por tensão. É uma síndrome crônica, real, de etiologia desconhecida e dolorosa, causada por um mecanismo de sensibilização do sistema nervoso central à dor, que se manifesta em diversos pontos do corpo e é considerada uma síndrome porque engloba várias manifestações clínicas.

Andressa1.jpg

Fonte: http://www.wikinoticia.com/images/demedicina/demedicina.com.wp-content.uploads.fibromialgia_thumb.jpg

É considerada uma forma de reumatismo por acometer músculos, tendões e ligamentos, que não acaba ocasionando deformidades físicas, inflamações e nem seqüelas. Essa doença também pode estar associada a outras doenças reumatológicas o que pode confundir o diagnóstico.

Por apresentar um quadro de sintomas e queixas mal definidas pode ser confundida com sintomas de somatização. Além disso, essa enfermidade ainda pode ser considerada como uma condição psicossomática, porque possui alterações relacionadas com estresse, distúrbio do sono e outros eventos que acabam modulando a dor.

A fibromialgia pode ocasionar problemas sociais que acabam desestabilizando as relações familiares, restringindo o contato social e interferindo nos hábitos e nas rotinas dos doentes, que acaba acarretando muitas vezes em uma piora na qualidade de vida.


Quais são as causas da fibromialgia?

Infelizmente não existe uma causa certa, mas é uma patologia que esta relacionada com o funcionamento do sistema nervoso central e com o mecanismo de supressão da dor.

Antigamente problemas emocionais eram considerados como fator determinante da fibromialgia, mas hoje se sabe que diferentes fatores, isolados ou combinados, podem estar envolvidos no aparecimento das manifestações clinicas dessa doença, como: doenças graves, traumas emocionais ou físicos (como um acidente), tensão, estresse e desequilíbrios hormonais, como valores baixos de serotonina.


Quais os sintomas da fibromialgia?

A sintomatologia da fibromialgia acaba sendo complexa, pois envolve o sistema músculo-esquelético, o sistema psicológico e o sistema neuroendócrino.

Os sintomas podem variar desde leves, até casos em que as dores, a fadiga e a depressão são tão intensas que acabam impedindo o desempenho da atividade profissional e social do doente.

Apresenta um quadro com dores musculoesqueléticas intensas por todo o corpo, rigidez e tensão nos músculos, tendões e articulações, que podem piorar com o frio, a umidade, a mudança climática e a tensão.

Andressa2.jpg

Fonte: http://www.blogdicas.com/wp-content/uploads/2011/02/Como-acabar-com-a-dor-de-cabe%C3%A7a.jpg

Além dessas dores, os doentes apresentam sintomas tais como: alterações do humor que podem resultar em quadros de ansiedade e / ou depressão, fadiga, indisposição, distúrbios do sono, sensação de peso, dores de cabeça, distúrbios psicológicos, sensações parestésicas (sensações cutâneas sem um estímulo real), “sensação” de inchaço em algumas partes do corpo, tontura, zumbido, dortorácica, irritabilidade, palpitação, dor abdominal, disfunção da tireóide, constipação, diarréia, indigestão, hipersensibilidade química e física (ruídos, cheiros, luminosidade), tensão pré-menstrual, bruxismo (ranger dos dentes), urgência ao urinar, dificuldade de concentração e falta de memória, movimentos involuntários das pernas durante o sono, dedos arroxeados em ambientes frios e diminuição da atividade física, o que agrava a condição de dor.

Ocorre também o aparecimento de anormalidades psicológicas, principalmente a depressão, podendo então o doente, apresentar ou piorar os sintomas e até provocar limitações funcionais importantes , piorando assim a qualidade de vida dos pacientes.


Como se diagnostica a fibromialgia?

Como se trata de uma enfermidade que causa dores generalizadas e possui várias queixas que infelizmente não são muito definidas, antigamente as pessoas que apresentavam esse quadro característico não eram levadas muito a sério. Hoje em dia, o diagnóstico é feito a partir das queixas do doente, da sua história clínica e pelo exame físico.

A fibromialgia é uma síndromee é diagnosticada pelo aparecimento de um conjunto de sinais e sintomas que no exame físico não são encontrados achados característicos.

Ele baseia-se nas queixas de dor generalizada por um período maior que três meses, associada à presença de pelo menos 11 pontos dolorosos, dos 18 padronizados internacionalmente (tender points), que são avaliados pelo médico, e ainda dois ou mais desses sintomas: fadiga, alterações do sono, perturbações emocionais e dores de cabeça. Além dos pontos demonstrados na figura a seguir, que representam os tender points, muitos outros pontos de dor podem estar presentes.

Andressa3.jpg

Fonte: http://www.home-health-care-physical-therapy.com/Fibromyalgia-Tender-Points.html















Infelizmente não é possível realizar exames complementares que acabem confirmando o diagnóstico, sendo fundamentala experiência clínica do profissional que avalia o paciente com fibromialgia para o sucesso do tratamento. Esses testes complementares apenas ajudam quando definem outro diagnóstico e excluem a fibromialgia.

Além disso, ela caracteriza-se por sintomas parecidos aos de outras doenças, e também é pouco conhecida pela população, o que acaba dificultando o diagnóstico e o tratamento desta enfermidade.


Quem é mais acometido por essa doença?

É mais comum entre mulheres com idades entre 35 e 55 anos, correspondendo a 80% dos casos, mas ela atinge ambos os sexos, independente da idade, podendo acometer desde as crianças até os idosos.

Entre a população adulta 2 a 5% é acometida por essa doença.

Pessoas com certas doenças como artrite reumatóide, lúpus eritematoso sistêmico e artrite espinhal podem ter maior probabilidade de ter fibromialgia.

Em alguns estudos também foi visto que a genética também pode estar relacionada com amanifestação da fibromialgia.


Qual é o tratamento da fibromialgia?

Como a cura da fibromialgia é incerta e ela é uma patologia que requer controle, os objetivos do tratamento acabam sendo o alívio da dor, a melhora da qualidade do sono, a manutenção ou restabelecimento do equilíbrio emocional, a melhora do condicionamento físico e da fadiga e o tratamento específico de desordens associadas.

Andressa4.jpg

Fonte: http://estadozen.com/files/imagecache/artigos_full/artigos/mulher-praticar-exercicio-fisico-ar-livre.jpg

A multifatoriedade, a diversidade das manifestações e a variedade das necessidades exigem que o tratamento consista em um trabalho multidiciplinar e individualizado, que envolve tratamentos farmacológicos e não farmacológicos como: o uso de analgésicos e antiiflamatórios associados a antidepressivos que controlem as dores e os distúrbios do sono, atividades físicas regulares que alonguem, fortaleçam os músculos e melhorem o condicionamento cardiorrespiratório como a fisioterapia, técnicas de relaxamento para prevenir espasmos musculares, hábitos saudáveis que reduzam o estresse, cuidados com a alimentação, prática de atividades de lazer, acompanhamento psicológico e emocional, massoterapia, microfisioterapia, massagens e acupuntura.

Assim, o tratamento consiste em melhorar a qualidade de vida do paciente.


Fontes Bibliográficas

Sociedade Brasileira de Reumatologia. Fibromialgia- Projeto Diretrizes Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina. 2004.

BERBER J.S.S., KUPEK E., BERBER S. C. Prevalência de Depressão e sua Relação com a Qualidade de Vida em Pacientes com Síndrome da Fibromialgia. RevBrasReumatol, v. 45, n. 2, p. 47-54, mar./abr., 2005.

WEIDEBACH, WAGNER FELIPE DE SOUZA. Fibromialgia: evidências de um substrato neurofisiológico.Rev. Assoc. Med. Bras., São Paulo, v. 48, n. 4, Dec. 2002.

Drauzio Varella- Fibromialgia. Disponível em: http://drauziovarella.com.br/doencas-e-sintomas/fibromialgia/ Acesso em: 19 de novembro de 2011.

Reumatoguia- Fibromialgia. Disponível em: http://www.reumatoguia.com.br/interna.php?cat=26&id=117&menu=26Acesso em: 19 de novembro de 2011.

Fibromialgia. Disponível em: http://www.fibromialgia.com.br/novosite/index.phpAcesso em: 19 de novembro de 2011.

'Copacabanarunners- 'Sobre a Fibromialgia- o que é, causas, tratamento. Disponível em: http://www.copacabanarunners.net/fibromialgia.html Acesso em:19 de novembro de 2011.

Revistafator- Pode ser fibromialgia. Disponível em: http://www.revistafator.com.br/ver_noticia.php?not=170172 Acesso em: 19 de novembro de 2011.

Abcdasaude- Fibromialgia. Disponível em: http://www.abcdasaude.com.br/artigo.php?200 Acesso em: 19 de novembro de 2011.

Myos- Disponível em: http://www.myos.pt/ Acesso em: 19 de novembro de 2011.


Links relacionados

1. Disponível em: http://www.home-health-care-physical-therapy.com/Fibromyalgia-Tender-Points.html

2. Disponível em: http://saude.abril.com.br/testes/teste_fibromialgia.shtml

3. Disponível em: http://www.einstein.br/biblioteca/artigos/Suplemento/fribromialgia,%20fadiga%20e%20cefaleias.pdf

4. Disponível em: http://www.vitalidadeintegral.com.br/si/site/0302

5. Disponível em: http://www.santalucia.com.br/ortopedia/fibro-p.htm

6. Disponível em: http://www.unifesp.br/grupos/fibromialgia/

--Andressa.ami 20h36min de 1 de dezembro de 2011 (UTC)

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória