Fandom

Infomedica Wiki

Lesões por Esforços Repetitivos ou Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (LER/DORT)

207 pages em
Este wiki
Adicione uma página
Discussão0 Compartilhar

Editora: Vivian Ramos Gregorczyk

Colaboradoras: Cristiane Marchese Recuero e Luziana Suzuki Brambila


Figura 1 LERDORT.jpg

Fonte: http://campinaverde.net/home/


Definição

Doença ocupacional caracterizada pelo desgaste de estruturas osteomusculares, como tendões, músculos, nervos, sinóvias e ligamentos, acometendo principalmente membros superiores, pescoço e região escapular. Esta abrange diferentes profissionais, em diferentes áreas, resultando em implicações legais, dentre elas direitos e obrigações. LER/DORT é tratada apenas como uma doença, pois em 1998 o INSS estabeleceu apenas uma terminologia para estas síndromes: DORT(Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho).


Causas

Figura 2LERDORT.gif

Fonte: http://bvsms.saude.gov.br/html/pt/dicas/159corrija_postura.html


A DORT é causada principalmente pelo uso excessivo das estruturas osteomusculares, geralmente durante o trabalho. Os fatores de risco que provocam o desgaste dessas estruturas estão associados entre si, e dificilmente causam sozinhos o processo agudo e a cronificação desta síndrome.

Os fatores são aderência de postura inadequada constante, esforços físicos devido a excesso de cargas podendo causar pressão, tensão, fricção e irritação sobre as estruturas, movimentos repetitivos, vibrações, impacto, invariabilidade de tarefas e trabalho muscular estático.

Além destes fatores que realmente causam a doença, existem outros que ajudam na disseminação, como pressão do trabalho para cumprir prazos e aumentar a produção, resultando em intensificação da jornada e do ritmo de trabalho.


Sintomas

Figura 3LERDORT.jpg

Fonte: http://tsnogueira.blogspot.com/2010/08/dds-saiba-como-prevenir-ler.html


Os sintomas de DORT são de aparecimento insidioso e os mais comumentes sentidos em pessoas portadoras da doença são: fadiga, dor localizada, generalizada, ou irradiada, parestesia como formigamentos e dormência, sensação de peso, sensação de diminuição de força, enrijecimento muscular, falta de firmeza nas mãos, câimbras, sensação de frio ou de calor, e dificuldade em dormir. Porém em casos de cronificação podem surgir sudorese excessiva nas mãos e dor em resposta a estímulos não nocivos na pele não lesada (alodínea).

Figura 4LERDORT.jpg

Fonte: http://blog.triadesaude.com.br/2009/03/09/duvidas-mais-frequentes-sobre-lerdort/

Indivíduos mesmo com dor, ou outra queixa associada a DORT geralmente continuam a trabalhar, suportando a dor, devido à pressão estabelecida pelo trabalho, podendo assim ocorrer agravo dos sintomas, diminuição da capacidade física e até cronificação da doença.


Aspectos Psicossociais

A DORT não é apenas um problema físico. Sua manifestação acarreta também problemas psicossociais. O indivíduo é influenciado pelo meio em que vive, sendo resultado de cargas genéticas, ações e meio social que está inserido.

Junto com o dano físico, o paciente apresenta sofrimento mental, incluindo angustias, tristezas, reclamações, choros, e também sentimentos de desvalia, dúvidas e medos sobre o futuro profissional, e inconformismo em relação a suas limitações.

Estes aspectos psicossociais ocasionados pela doença são relacionados à dor crônica que o paciente sente, podendo acarretar irritabilidade e labilidade emocional; às limitações impostas a ele, que trazem sensação de inferioridade e incapacidade; à não percepção dos sintomas, que causam loucura, ansiedade e questionamento da própria sanidade mental; ao tempo que demora até o diagnóstico correto; à necessidade de constantes perícias para provar a sua doença para a empresa e Previdência Social, podendo ocasionar desânimo; à inconstância do quadro clínico, devido a fases de agudização; ao afastamento do trabalho, levando a perda de identidade e a inutilidade; e à possibilidade de ser demitido, gerando incertezas, ansiedade e medo.


Diagnóstico

O diagnóstico é estabelecido principalmente pelo quadro clínico do paciente, o tempo de evolução da doença, a história ocupacional do indivíduo e seus momentos de lazer, e pelo exame físico realizado pelo médico preferencialmente nos locais de reclamação do paciente. Além disso, podem ser usados exames complementares, como radiografias, ressonância magnética, ecografias, eletroneuromiografia e exames laboratoriais.


Tratamento

Para o sucesso do tratamento de DORT é necessário uma equipe multidisciplinar agindo conjuntamente, bem como conhecer o paciente que está se tratando, pois, além dos problemas físicos envolvidos com a doença, há também os problemas psicossociais que ela trás, como por exemplo, a ansiedade do indivíduo em saber se o seu problema irá comprometê-lo a ponto de não conseguir cumprir suas atividades.

O diagnóstico precoce, e a rapidez com que se inicia o tratamento influenciarão na eficácia da terapia usada com o paciente.

Além da necessidade da equipe multidisciplinar para um tratamento efetivo, é preciso conhecer os sintomas do paciente, suas limitações e incapacidades, como por exemplo, dificuldade de segurar pequenos objetos e dificuldade em executar a própria higiene pessoal.

Os tratamentos possíveis para DORT são: sessões em grupo, chamadas de núcleo informativo para o conhecimento do paciente sobre sua doença e seus aspectos, sessões informativo-terapêuticas que são Sessões Grupos Qualidade de Vida, sessões psicoterapêuticas que têm objetivo de continuar o tratamento estabelecido pelos grupos Qualidade de Vida, terapia corporal com relaxamentos e alongamentos, fisioterapia incluindo eletrotermoterapia, massoterapia e cinesioterapia, acupuntura, tratamento medicamentoso com analgésicos e antiinflamatórios não hormonais, antidepressivos, neurolépticos, anticonvulsivantes, opióides, miorrelaxantes, tranqüilizantes e bloqueadores da cadeia simpática, e como última opção se tem o tratamento cirúrgico.


Orientações e Prevenção

A prevenção para DORT não pode ser focada apenas no indivíduo, ou no seu ambiente de trabalho, deve ter um foco amplo, envolvendo o indivíduo, o ambiente de trabalho em que está inserido e seus aspectos técnicos, o ambiente social, e a sua função e tarefas em ambos. Além destes focos, para uma prevenção efetiva, deve-se analisar as condições de trabalho, além de organizar um programa para apoio e suporte para trabalhadores portadores da doença.

A metodologia ergonômica é usada na prevenção de DORT, pois ao entrevistar os trabalhadores, e analisar as atividades exercidas por eles, permite adaptar o indivíduo a sua própria capacidade, e permite fazê-lo conhecer melhor suas condições de trabalho e sua verdadeira função neste ambiente.

Os principais métodos de prevenção são: o rodízio de funcionários em diferentes funções, para dividir as atividades pesadas, as que exigem repetição, ou as que necessitam de posturas estáticas; pausas em atividades que induzem a utilização excessiva das estruturas osteomusculares, pois, segundo a legislação brasileira, a cada 50 minutos de trabalho deve-se ter uma pausa de 10 minutos; diminuição da jornada de trabalho, a qual, conforme normatização, pessoas que trabalham com digitação devem ter uma jornada de 5 horas por dia; treinamento dos funcionários; procurar o médico em caso de dor ou formigamento de membros; e em intervalos de tempo o individuo deve levantar, caminhar, espreguiçar, e alongar o corpo.

Figura5LERDORT.jpg

Fonte: Adaptada de http://fisioterpiaemdomicilio.blogspot.com/

A prevenção secundária, ou seja, a identificação da doença precocemente, e a terciária, que tem como objetivo o não agravamento e a não cronificação da doença, também devem estar presentes em programas de prevenção e utilizadas em trabalhadores já portadores de DORT.


Referências Bibliográficas

• Techy A, Siena C, Helfenstein M Jr. O exercício legal da medicina em LER/DORT. Rev Bras Reumatol 49(4):473-9 2009. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/rbr/v49n4/14.pdf>. Acesso em 22 nov 2010.

• A abordagem das lesões por esforços repetitivos/distúrbios osteomoleculares relacionados ao trabalho - LER/DORT no Centro de Referência em Saúde do Trabalhador do Espírito Santo - CRST/ES. [Mestrado] Fundação Oswaldo Cruz, Escola Nacional de Saúde Pública; 2001. 143 p. Disponível em: <http://portalteses.icict.fiocruz.br/transf.php?script=thes_chap&id=00005101&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em 22 nov 2010.

• LER – DORT. Disponível em: <http://www.bancodesaude.com.br/ler-dort/ler-dort>. Acesso 20 nov 2010.

• Merlo ARC, Jacques M da GC, Hoefel M da GL. Trabalho de Grupo com Portadores de Ler/Dort: Relato de Experiência. Psicologia: Reflexão e Crítica, 2001, 14(1), pp 253-258. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/prc/v14n1/5223.pdf>. Acesse em 22 nov 2010.

• Alencar JF, Coury HJCG, Oishi J. Aspectos relevantes no diagnóstico de dort e fibromialgia. Rev. bras. fisioter. 13 (1) São Carlos Jan./Feb. 2009. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1413-35552009000100011&script=sci_arttext>. Acesso 20 nov 2010.

• DIAGNÓSTICO, TRATAMENTO, REABILITAÇÃO, PREVENÇÃO E FISIOPATOLOGIA DAS LER/DORT. Mínistério da Saúde, Secretaria de Políticas de Saúde, Departamento de Ações Programáticas e Estratégicas, Área Técnica de Saúde do Trabalhador. Série A. Normas e Manuais Técnicos, n.° 105. Brasília – DF 2001. Disponível em: <http://www.unifenas.br/arquivos-radiologia-br/biblioteca/SEGURAN%C7A%20DO%20TRABALHO%20&%20SA%DADE%20OCUPACIONAL/Diagn%F3stico,Tratamento,Reabilita%E7%E3o,Preven%E7%E3o%20e%20Fisiopatolog.pdf>. Acesso em 22 nov 2010.


Links Relacionados

• Tríade Saúde - Qualidade de vida nas Empresas. Disponível em: [1]

• Corrija sua Postura. Disponível em: [2]

• Fisioterapia em Domicílio. Disponível em: [3]

• Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários de Erechim e Região. Disponível em: [4]

• LER/DORT Saiba como Prevenir. Disponível em: [5]

• Cartilha LER/DORT - Prevenção é o melhor remédio. Disponível em: [6]

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Mais da comunidade Wikia

Wiki aleatória