Wikia

Infomedica Wiki

Metabolismo de Carboidratos

Discussão0
201 pages em
Este wiki

Autora:Jaqueline R.Beckhauser Colaboradores: Mariane B.Bermudez; Marielson Marciniak

Introdução

Você já colocou algo para ser triturado, ou misturado em um liquidificador??? Pois então começamos a visualizar como ocorre o metabolismo daquilo que ingerimos durante um dia inteiro, ou à noite. Comemos com o intuito de adquirir energia para que a máquina, também chamada de corpo humano, não pare. Todavia, nosso corpo não consegue utilizar a energia dos alimentos assim como o vemos. Ele primeiro degrada o alimento em partículas menores, para posteriormente captá-lo e utilizá-lo.
Figura001
Fonte: : <http://desconstruindo.com.br/wp-content/uploads/2008/09/gordo.jpg>
Jaqueline beckhauserAdicionada por Jaqueline beckhauser
Assim como você não consegue colocar uma cana-de-açúcar inteira dentro da sua xícara de café para adoçá-lo, já o comprando prontinho pra consumo,em forma de grãos de açúcar, o corpo humano também não consegue obter a energia dos alimentos sem que os mesmos já estejam metabolizados .A palavra metabolismo deriva do grego e significa: “mudança”, troca; portanto, metabolismo seria melhor interpretado como sendo os processos químicos e físicos sofrido pelos alimentos através de seus processos pelo organismo, incluindo assim os processos de conversão do alimento em energia, que são fundamentais à vida.

Qual a relação do sistema digestivo e o metabolismo de carboidratos?

O nosso sistema digestivo age da seguinte forma com os carboidratos: ele os quebra em partículas,também chamado de moléculas, menores e mais simples para que possam ser absorvidas e então consigam chegar na corrente sangüínea para que possam ser distribuídas pelo corpo. Já na corrente sangüínea, o carboidrato principal é a glicose. Esta, por sua vez, será utilizada como principal fonte de energia para as funções de todos os órgãos. As fibras; contudo, são carboidratos de cadeias longas que não podem ser digeridas e que por este motivo passam intactas pelo tubo digestivo. São importantes como limpadoras do organismo. Logo, a importância do sistema digestivo e do metabolismo não somente dos carboidratos, mas também dos lipídios e proteínas é o de obter dos alimentos ingeridos os respectivos nutrientes, sendo estes vitais a sobrevivência do organismo. Já nas células, a glicose pode ser armazenada ou degrada de diferentes maneiras: (1) Glicólise:processo que transforma a glicose em duas outras moléculas, chamadas de Piruvato. Estas moléculas são posteriormente quebradas para produzirem energia.(2) Glicogênio: é a forma com que o corpo humana armazena a glicose. Afinal, nunca se sabe quando será o próximo lanchinho. A regra aqui é economizar para não faltar!!! Seu processo de síntese é chamado de (3) glicogênese. Quando você fica em jejum por algum tempo, ou mesmo sem comer durante longas horas ( ex. dormindo) ocorre o processo de (4) glicogenólise, ou seja, você quebra o glicogênio ( lembre-se de que é esta a forma que o organismo armazena a glicose) novamente em glicose para fornecer energia para suas células.
Figura002
Fonte:http://www.afh.bio.br/digest/digest1.asp
Jaqueline beckhauserAdicionada por Jaqueline beckhauser
A regra agora não é mais armazenar, mas utilizar a reserva.O corpo humano é também capaz de sintetizar glicose por outros produtos que não sejam os carboidratos em si. A este processo dá-se o nome de (5) gliconeogênese. Semelhante ao que fazemos em relação à produção de açúcar usado nos doces, não o buscamos apenas na cana de açúcar, podemos buscá-lo na beterraba, por exemplo.Perceba como seu corpo é eficiente.

E o pâncreas, que importância tem?

Com o aumento da glicose no sangue, o pâncreas libera uma substância muito importante, a insulina, Mas afinal porque ela é importante? A tão famosa insulina é um hormônio que estimula as células a absorverem a glicose para serem utilizados como energia ou como reserva. Com exceção do fígado, do cérebro e das células vermelhas, todas as demais células precisam da insulina para a captação de glicose.O pâncreas também secreta o glucagon. O glucagon, também é um hormônio que tem o papel de “enviar” um sinal para as células que reservam a glicose para que a mesma seja devolvida para o sangue, ou seja, o glucagon é secretado quando as concentrações de glicose caíram no sangue. Porém, em algumas pessoas este mecanismo não funciona muito bem, podendo levar ao surgimento do diabetes. Existe um sistema que foi desenvolvido com o intuito de conseguir classificar a velocidade com que um alimento rico em carboidrato possa ser absorvido e, conseqüentemente, eleve o nível de glicose no sangue, chamado de índice glicêmico. Mas, afinal, qual a importância disto? Existem alimentos que possuem altos níveis glicêmicos ( pão branco, por exemplo) que elevam a quantidade de glicose no sangue de maneira muito rápida. E isto pode ser ruim??? Pode sim. Estes alimentos, os chamados alimentos de alto nível glicêmico, provocam quase que um “choque” no metabolismo, forçando o corpo a lidar com uma quantidade muito elevada de açúcar no sangue. Lembra aqueles dias que você come uma lata de leite condensado??? Ou metade de um bolo de chocolate??? Tudo tem limite. Fique atento. Os alimentos de alto índice glicêmico estão envolvidos em doenças como: diabetes, doenças cardiovasculares e com a obesidade.

O que nos faz engordar?

O sedentarismo é o fato de não realizarmos exercícios físicos com o nosso corpo, ou seja, não gastamos energia estocada, especialmente pelos excessos. Existem hoje muitos alimentos que possuem uma grande quantidade de açúcar em sua composição. Infelizmente estes são os alimentos mais desejados e gostosos ao nosso paladar. Quando comemos além daquilo que gastamos em nossos processos fisiológicos, engordamos. Quando iniciamos um exercício físico, fazemos com que ocorra um aumento do metabolismo, ocorrendo assim os gastos de energia extras obtidos através dos alimentos.Logo, quanto menor for o gasto de caloria pelo indivíduo, menor a energia que o mesmo gasta, mais energia fica armazenada em seu corpo, culminando em aumento do peso, ou mesmo em obesidade.
Figura003
Fonte:: http://desconstruindo.com.br/wp-content/uploads/2008/09/gordo.jpg
Jaqueline beckhauserAdicionada por Jaqueline beckhauser
A falta de exercícios físicos faz com que nosso metabolismo torne-se cada vez mais lento e mais energia é armazenada, especialmente nas células de gordura.

Dica

Os alimentos que possuem um nível glicêmico alto possuem alta velocidade de absorção e, conseqüentemente, ganham a circulação sangüínea de forma muito rápida. Estes alimentos devem; portanto, ser ingeridos durante os exercícios físicos a após eles. Já os alimentos de nível glicêmico mais baixo, com velocidade de absorção também mais baixa, ganham a circulação sangüínea de forma mais lenta. Devem ser consumidos antes do exercício físico, já que fornecem energia de forma mais continua e prolongada.


Por fim...

Ainda assim, nada de se privar de carboidratos. O ideal é buscar carboidratos nos grãos integrais e em seus derivados que não possuem processamento, já que o refinamento dos grãos e dos cereais remove as fibras, as vitaminas e os sais minerais dos alimentos, deixando apenas o açúcar em seu estado pronto para ser absorvido, o que gera em substancia com alto índice glicêmico. Uma dieta equilibrada e consciente, sem privações,sem exageros, é a solução.


Referências Bibliográficas

GUYTON, Arthur C.; HALL, John E. Tratado de fisiologia médica. 10. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2002.

GANONG, Willian F. Fisiologia médica. 17. ed Sao Paulo: Atheneu, 1998.

BAYNES, John W.; DOMINICZAK, Marek H. Bioquímica Médica. 2. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2007.

FAUCI, Anthony S., (Edit.). Harrison medicina interna. 17. ed. Rio de Janeiro: McGraw-Hill, 2008. 2 v.

COTRAN, Ramzi S., KUMAR, Vinay, ROBBINS, Stanley L., SCHOEN, Frederick J., Robbins patologia estrutural e funcional. 5. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan; 1996.


Para saber mais sobre metabolismo de carboidratos,acesse:

1.Medicine and Health .Disponível em: <http://pt.shvoong.com/medicine-and-health/nutrition/1659510-papel-carboidrato-metabolismo/>

2.Saúde na Rede. Disponível em: <http://www.saudenarede.com.br/?id=Como_funciona_o_Metabolismo&p=av>

3.Fisiologia .Disponível em: <http://www.fisiologia.kit.net/bioquimica/ch/carboidratos.htm>

4.Banco de saúde. Disponível em: <http://www.bancodesaude.com.br/dieta/metabolismo-dos-carboidratos>

5.Professora Cristina,a fisiologia, Dispoível em: <http://www.cristina.prof.ufsc.br>

6.UFPE – metabolismo de carboidratos , Disponível em : <http://www.ufpe.br/dbioq/portalbq04/metabolismo_de_carboidratos.htm>

Mais da comunidade Wikia

Wiki aleatória