FANDOM


Autora: Marina Pedral Sampaio de Almeida

Colaboradores: Caroline Costa Giocondo, Roberta Cleto Penteado


O que é:

Analisando de uma forma pouco crítica, o transtorno de ansiedade generalizada é caracterizado basicamente por ansiedades e preocupações excessivas, muitas vezes relacionadas com motivos injustificáveis ou desproporcionais ao nível de ansiedade que o indivíduo esteja apresentando.

Consideramos ansiedade como um sentimento extremamente desagradável, vago, de difícil definição e que quase sempre esta acompanhada de muitas sensações como aperto no peito, angústia, medo, frio na barriga, tremores incontroláveis, coração acelerado, falta de ar, entre outros.

Por outro lado, a ansiedade pode ser considerada também como um sinal de alerta, sendo uma reação muitas vezes natural e necessária para a pessoa, ela acaba por permitir que o indivíduo possa se prevenir, proteger e até mesmo se defender em casos de situações indesejadas.

É importante saber e diferenciar muito bem uma reação de ansiedade de um estado de ansiedade. A reação ansiosa é completamente normal e natural, sendo até mesmo previsível em diversas situações. Como, por exemplo, um pai na sala de espera de um hospital, enquanto aguarda que o médico chegue com a notícia de que finalmente nasceu seu primeiro filho e corre tudo bem com a criança e a mãe. Este é apenas um exemplo de diversas reações ansiosas das quais nós todos estamos sujeitos a passar em toda a nossa vida. Essas reações não precisam ser tratadas justamente pelo fato de serem naturais, esperadas e auto-limitadas. A preocupação e a ansiedade não são apenas reações normais, são definitivamente importantes e necessárias para uma adaptação de qualidade do indivíduo com o ambiente e a sociedade em que vive.

No entanto, quando nos referimos ao estado de ansiedade, não podemos considerar como algo comum. Quando a pessoa permanece ansiosa por um tempo maior que o normal, ou por um motivo que não mereça esse sentimento podemos começar a pensar em ansiedade como uma patologia.


Ansiedade- figura1.jpg

Fonte: http://www.aporta.org.br/site/









O transtorno de ansiedade generalizada é quando o sentimento de ansiedade se torna patológico ao ponto de interferir de inúmeras formas na vida das pessoas. O TAG (transtorno de ansiedade generalizada) possui uma duração e intensidade maior do que a esperada em diferentes situações, ao invés desse sentimento de ansiedade ajudar o indivíduo enfrentar as situações, ele acaba atrapalhando e prejudicando a reação do mesmo. No TAG o estado de ansiedade geralmente oscila muito ao decorrer do tempo, não ocorrem em formas de ataques, além de não possuírem uma ligação com alguma situação determinada.

Quando tratamos de transtorno de ansiedade generalizada o foco da preocupação excessiva e da ansiedade não esta restrito a apenas aspectos de outros transtornos de ansiedade, como por exemplo fobias, transtorno do pânico ou transtorno obsessivo compulsivo. O início da ansiedade generalizada é insidioso e precoce, as pessoas relatam que normalmente se consideram indivíduos nervosos e tensos, e a evolução da doente segue um curso de cronicidade.

Dificilmente as pessoas com TAG conseguem identificar e classificar suas preocupações como excessivas, elas classificação o que sentem como um sofrimento subjetivo, devido a uma preocupação constante a qual têm uma dificuldade em controlá-la.

Sintomas:

Ansiedade-figura2.jpg

http://saude.culturamix.com/tratamento/tratamento-ansiedade








Os pacientes com transtorno de ansiedade generalizada estão sempre esperando que determinadas situações aconteçam, e sempre achando que caso essas situações se tornem de fato reais, eles não serão capazes de resolver. Sinais físicos como suor excessivo, sensação de aperto no peito, palpitações, tremores, nó na garganta, distúrbios gastrointestinais, ganho ou perda de peso sem nenhuma explicação fisiopatológica, irritabilidade, dor de cabeça, falta de ar, alterações repentinas e incontroláveis de humor, mãos frias e úmidas, dores muscularees. Estes seriam os sintomas principais, mas é importante saber que no caso do TAG, eles podem ser muito específicos e individuais.

Critério de diagnóstico:

O critério para o diagnóstico segue um padrão nacional, sendo esta uma maneira mais segura e garantida tanto para o profissional da saúde quanto para os pacientes.

A. Ansiedade e preocupação excessivas (expectativa apreensiva), ocorrendo na maioria dos dias pelo período mínimo de 6 meses, com diversos eventos ou atividades (tais como desempenho escolar ou profissional).

B. O indivíduo considera difícil controlar a preocupação.

C. A ansiedade e preocupação estão associadas com três (ou mais) dos seguintes seis sintomas (com pelo menos alguns deles presentes na maioria dos dias nos últimos seis meses). Nota: Apenas um item é exigido para crianças.

(1) Inquietação ou sensação de estar com os nervos à flor da pele

(2) Fadigabilidade

(3) Dificuldade de concentrar-se ou sensações de “branco” na mente

(4) Irritabilidade

(5) Tensão muscular

(6) Perturbação do sono ( dificuldades de conciliar ou manter o sono)

D. O foco da ansiedade ou preocupação não esta confinado a aspectos de um transtorno do Eixo I; por exemplo, a ansiedade e preocupação não se refere a ter um Ataque de Pânico (como no Transtorno de Pânico), ser envergonhado em público (como no Transtorno de Ansiedade de Separação), ganhar peso (como na Anorexia Nervosa),ter múltiplas queixas físicas (como no Transtorno de Somatização) ou ter uma doença grave (como na Hipocondria), e a ansiedade ou preocupação não ocorre exclusivamente durante o Transtorno de Estresse Pós- Traumático.

E. A ansiedade, a preocupação ou os sintomas físicos causam sofrimento clinicamente significativo ou prejuízo no funcionamento social ou ocupacional ou em outras áreas importantes da vida do indivíduo.

F. A perturbação não se deve aos efeitos fisiológicos diretos de uma substância (droga de abuso, medicamento) ou de uma condição médica geral (p. ex, hipertireoidismo) nem ocorre exclusivamente durante um transtorno do Humor, Transtorno Psicótico ou Transtorno Global do Desenvolvimento.

Tratamento:

Ansiedade-figura3.jpg

http://ansiedade.net/ansiedade-tratamento-tem-cura.html








Os pacientes com transtorno de ansiedade generalizada procuraram proporcionalmente mais por atendimento psiquiátrico do que os pacientes com outros transtornos ansiosos como fobia social e transtorno obsessivo compulsivo.

O tratamento de escolha para o TAG geralmente são os benzoadizepínicos e a buspirona. No entanto, como se trata de um transtorno crônico que exige tratamento de longo prazo, o uso de benzoadizepínicos deve ser feito com cautela, pois esses medicamentos possuem um alto risco de tolerância, abuso e dependência.

Os benzoadizepínicos podem ser prescritos por períodos de duas a três semanas. Já a buspirona por ter uma eficácia limitada, traz um baixo nível de satisfação dos pacientes, com resultados clínicos muitas vezes contraditórios.

Os antidepressivos ainda estão em estudo sobre a sua eficácia no tratamento do TAG, no entanto vem demonstrando um bom impacto e bons resultados.

Referências Bibliográficas:

Transtorno de ansiedade generalizada. Acessado em: http://www.abcdasaude.com.br/artigo.php?142

Projeto Diretrizes. Acessado em: http://www.projetodiretrizes.org.br/projeto_diretrizes/099.pdf

Ansiedade generalizada. Acessado em: http://www.psicosite.com.br/tra/ans/ansgeneralizada.htm

Associação dos Portadores de Transtorno de Ansiedade. Acessado em: http://www.aporta.org.br/site/

Tratamento de ansiedade. Acessado em:http://saude.culturamix.com/tratamento/tratamento-ansiedade

Tratamento de ansiedade e cura. Acessado em: http://ansiedade.net/ansiedade-tratamento-tem-cura.html

American Psychiatric Association (2002). Manual diagnóstico e estatístico de transtornos mentais (4a. ed.; Texto revisado). São Paulo: Artmed.

Neto AC, Gauer GJC, Furtado NR, editores. Psiquiatria para estudantes de medicina. Porto Alegre: Edipucrs; 2003.

Links relacionados:

http://www.youtube.com/watch?v=VYtQW91gJ_Y

http://www.youtube.com/watch?v=gT2PypMdseM&feature=related

http://emedix.uol.com.br/doe/psi003_1f_ansiedade.php

http://www.mentalhelp.com/ansiedade.htm

http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1516-44462000000600006&script=sci_arttext

http://br.lundbeck.com/Brazil/produtos/areas_tratamento/ansiedade/default.asp

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória